Blogs Portugal

sábado, junho 23, 2012

Pensa Nisto


Quanto de ti é mesmo teu?
Sabes o que sentes neste momento e porquê?
 Pensas a vida? Pensas de todo? Refiro-me a levar uma questão até ao fim da tua capacidade, fazer esse esforço extra, és capaz de tal coisa ou sentes um súbito ímpeto que te faz ligar a televisão ou qualquer outra coisa que não te deixe sozinho?
Consegues estar sozinho? Realmente sozinho?
Decidir por ti? Quantas das tuas decisões foram baseadas no medo que sentes?
És honesto? Sabias que ser livre é não ter de mentir?
Já pensaste na beleza? Que é para ti o amor? Uma palavra que se usa em canções e convenientemente rima com dor?
De que é que precisas? Já o tens? Estás disposto a lutar por isso?
Se não precisares de muito não há muito que te possam tirar.
Alguma vez pensaste no conceito de arte ou em qualquer outro conceito abstracto?
O que é para ti isto de estar vivo? Sentes-te amadurecer? Pensas no que será morrer?
Achas que és sempre o mesmo ou mudas com as marés?
Sentes realmente alguma coisa ou finges os sintomas?
Se te perderes que não seja para sempre, se não te achaste continua à procura, a grande decisão da tua vida é esta:
Queres ser ou basta-te aparentar?

2 comentários:

ophelia disse...

"Sabias que ser livre é não ter de mentir?" Adoro!

Anónimo disse...

Este tocou especialmente ;)
Não sei dizer mais que isso...
Marta Moreira Lopes